fbpx

Você tem dúvidas sobre os implantes dentários? Então, acesse aqui.

A perda de dentes traz sérias consequências para o paciente, por isso, é extremamente importante visitar o dentista regularmente. Para saber mais sobre os implantes dentários, leia abaixo as principais dúvidas dos nossos pacientes. 

O que é um implante dentário? 
O implante dentário é um pino de titânio, utilizado para substituir a raiz do dente perdido. Ele é colocado no osso para posteriormente posicionar uma coroa sobre ele. Em alguns casos, quando o paciente perde todos os dentes, também é possível colocar alguns implantes e fazer uma prótese (Protocolo) parafusada sobre eles, devolvendo ao paciente o seu sorriso e, claro, a função mastigatória.

Quais são as vantagens?
➡ Prevenir a perda óssea
➡ Preservar a estrutura natural dos dentes e das gengivas
➡ Melhorar a mastigação
➡ Elevar a autoestima, devolvendo um sorriso saudável e bonito⠀
➡ Ter uma aparência muito próxima à aparência dos dentes naturais⠀➡ Ficar preso firmemente na arcada dentária, ou seja, o dente não se desloca ao falar ou comer⠀
➡ A higienização é simples, sendo necessário apenas o uso de escova de dentes e fio dental.

Quem pode fazer?
Ele é recomendado para pessoas que perderam um ou mais dentes, mas pode ser realizado em qualquer pessoa que esteja com os ossos da região bucal e as gengivas saudáveis. 

Quais são os tipos de prótese dentária e quais suas indicações?
➡Prótese totalIndicação: perda de todos os dentes.
➡Prótese parcial removível (PPR).Indicação: perda de mais de um dente.
➡ Prótese fixaIndicação: perde de um ou mais dentes próximos.
➡ Prótese tipo Onlay/InlayIndicação: desgaste de parte da coroa do dente.
➡ ProtocoloIndicação: semelhante a prótese total, porém, não pode ser removida pelo paciente.
➡ OverdentureIndicação: para pacientes que não querem colocar muitos implantes na boca e/ou fazer enxerto ósseo.⠀
➡ CoroaIndicação: é o tipo de prótese que é colocada sobre o dente e/ou implante. ⠀

A realização do procedimento dói?
De maneira geral, não. A cirurgia é realizada com anestesia local e a colocação é realizada no mesmo dia.

Como a cirurgia é feita?
Após o profissional de saúde solicitar e analisar alguns exames do paciente, ele irá extrair apenas os dentes necessários, preservando o que resta de osso. Em seguida, ele parafusa os pinos de titânio, a fim de conseguir colocar os dentes. Depois, é colocado os extensores do pino, na qual será fixada a coroa, parte superior do dente. A integração total do pino leva aproximadamente seis meses para os dentes de cima, e quatro meses para a região de baixo.

E o pós-operatório?
Após a cirurgia, o paciente precisa ficar pelo menos um dia de repouso, evitando cuspir ou fazer bochechos, a fim de impedir sangramentos. Evitar alimentos quentes e duros também ajuda no processo de cicatrização.
Em casos de dores e infecções, o dentista pode receitar analgésicos e antibióticos para auxiliar na recuperação completa. Manter visitas regulares é de extrema importância para evitar possíveis complicações no futuro. Restaure sua saúde bucal e sua autoestima! Agende uma consulta conosco. 

Open chat
Powered by